Assembleia Legislativa publica exonerações "ocultas" de 200 funcionários

Assembleia não publicou nome dos exonerados - Álvaro Rezende / arquivo / Correio do Estado

Nem todos os demitidos ficarão fora do Legislativo, alguns serão recontratados.

 

Na reforma administrativa para cortar gastos, a Assembleia Legislativa publicou, ontem, no Diário Oficial a exoneração cerca de 200 funcionários. Mas os nomes não apareceram no ato do presidente do Poder, deputado Junior Mochi (PMDB). A exoneração, portanto, foi “oculta” por não identificar os afastados do quadro funcional.

 

Mas nem todos os exonerados ficarão fora do Legislativo. Alguns serão recontratados já na segunda-feira (3) para os “postos chaves”, considerados imprescindíveis para o funcionamento da Casa. Eles exercerão novas funções e atribuições com a reforma administrativa.

 

Após a renomeação dos responsáveis pelos novos setores, o presidente da Assembleia, deputado estadual Junior Mochi (PMDB) declarou que vai analisar caso por caso até o dia 15 do próximo mês. “Estaremos analisando caso por caso dos exonerados e a necessidade da função desempenhada para fazermos as demais nomeações”, explicou o presidente da Casa de Leis.

 

(*) A reportagem completa está na edição do jornal Correio do Estado.

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

MARACAJU: ex-prefeito CELSO VARGAS (inelegível) declara apoio a MARCOS CALDERAN

24.10.2020

1/18
Please reload

ANTÔNIO JOÃO: Juíza “indefere” registro de 12 candidatos do PSDB

23/10/2020

1/18
Please reload

mega_fone_cidadão..jpg

RW apresenta Noticiário ao vivo das 19h00 ás 20h00 a partir desta quarta feira

10.4.2019

1/5
Please reload