Filho de desembargadora pego com droga foi ‘enquadrado’ pela PF e já está em presídio

Empresário tentou dar carteirada em PRF, mas evitou confronto com agentes da federal

Breno prestigiando evento da mãe Foto: Reprodução

 

Breno Fernando Solon Borges, empresário de 37 anos preso carregando drogas, armas e munição, foi ‘enquadrado’ pela Polícia Federal e já se encontra na Penitenciária de Três Lagoas, maior cidade do Bolsão sul-mato-grossense.

 

Ele, que é filho da desembargadora Tânia Garcia Freitas Borges, foi flagrado em Água Clara pela PF e pela Polícia Rodoviária Federal.

 

“Estávamos em uma operação padrão na BR-262, conhecida pelo alto índice de tráfico de drogas, quando recebemos a denúncia de um veículo com as características do de Breno (um Renegade).

 

Acionamos a PRF e ela efetuou a prisão em um trabalho conjunto”, afirmou um agente da PF que atua no Bolsão, mas prefere o anonimato. “Ainda no fim de semana ele foi encaminhado para a penitenciária e está à disposição a Justiça”.

 

Ainda conforme o agente, em nenhum momento Breno tentou usar o nome da mãe para se livrar da PF. Mas há denúncias, do site Conjur, de que tentou dar a ‘carteirada’ durante a blitz da PRF.

 

O empresário foi preso junto com sua namorada e um serralheiro (leia mais clicando aqui). 

 

O caso

 

Segundo nota distribuída pela Polícia Federal, eles estavam em dois carros que juntos transportavam 130 quilos de maconha, uma pistola nove milímetros e 199 munições de fuzil calibre 7,62, de uso exclusivo das forças armadas. 

 

O grupo já vinha sendo investigado pela Polícia Federal há 15 dias. Eles foram abordados pela Polícia Rodoviária Federal quando estavam na BR-262, próximos à cidade de Água Clara.

 

Segundo a PRF, os motoristas apresentaram nervosismo e versões contraditórias. Na revista dos veículos, foi encontrada a droga e a munição em fundos falsos e reboque de um dos veículos.

 

Os três foram presos sob suspeita de tráfico de drogas, tráfico de armas de uso restrito e associação para o tráfico. 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

MARACAJU: vereador exige a liberação do “CACHOEIRA”

21.10.2020

1/18
Please reload

A partir do recebimento da denúncia, STJ pode afastar REINALDO AZAMBUJA a qualquer momento

16/10/2020

1/18
Please reload

mega_fone_cidadão..jpg

RW apresenta Noticiário ao vivo das 19h00 ás 20h00 a partir desta quarta feira

10.4.2019

1/5
Please reload