• O Cidadão Alerta

Advogado levado coercitivamente para depor na Polícia Federal, já recebeu meio milhão de reais da Pr

André Puccinelli Júnior mantém contrato com a Prefeitura de Maracaju para prestar consultoria jurídica.

O advogado e professor universitário André Puccinelli Júnior que foi conduzido coercitivamente para depor na sede da delegacia de polícia federal nas primeiras horas da manhã do dia 11/05/2017, (midiamax), visto que seu nome apareceu na investigação em virtude da compra de livros jurídicos de sua autoria por uma empresa de outro ramo, que depois doou ou teria doado o material para um sócio do advogado, é prestador de serviços ao município de Maracaju.


No site de transparência de Maracaju consta que o advogado André Puccinelli Jr. recebeu da prefeitura o valor de R$ 462.500,00 (quatrocentos e sessenta e dois mil e quinhentos reais) referentes a SERVIÇOS DE CONSULTORIA.

2014 - R$ 125.000,00.

2015 - R$ 112.500,00.

2016 - R$ 175.000,00.

2017 até o mês de maio - R$ 50.000,00.


A prefeitura de Maracaju conta com um corpo jurídico dos mais conceituados em sua ASSESSORIA JURÍDICA, porém, insiste em contratar escritórios de advocacia de outros municípios.


Sem falar naqueles advogados qualificados que residem em Maracaju e estão aptos para prestar serviços jurídicos, porém, não tem essa oportunidade.



mega_fone_cidadão..jpg