Lixão: Moradores do Alto Maracaju reagem e buscam apoio de vereadores

Interposto fica à 300 metros de Rio Cachoeira e 1.500 metros de torres.

 

Depois da denuncia publicada pela Rádiowebms de que a prefeitura vai implantar um interposto de reciclagem de resíduos sólidos no bairro Alto Maracaju, a direção da Associação de Moradores do bairro, se movimenta para evitar que a unidade seja instalada.

 

Adilson Batista, confirma,  que a área de 10 hectares cedida para a prefeitura fica a 300 metros do Rio Cachoeira e vizinha de 19 chácaras. O líder comunitário e contra a instalação da unidade na região.

 

Adilson  disse também que esperava que a prefeitura promovesse audiência com os moradores, antes de implantar a unidade.

 

De acordo com presidente da Associação de moradores, o  Alto Maracaju movimenta R$ 600 milhões de investimentos privados, e é a área mais valorizada de Maracaju, paga onerosos encargos   não recebe nada em contra partida da municipalidade,  pois não conta com nenhuma creche ou posto de saúde.

 

Os vereadores questionam, mas “ninguém” da prefeitura fala sobre a instalação do Interposto. Informações não oficiais, revelam  que os vereadores  sugestionam que  unidade seja feita lado da estação de Centro de Tratamento de esgoto que é construída  pelo governo do Estado, onde o município já teria uma área disponível. Mas que a medida deveria ser aprovada pelo IMASSUL – Instituto de Meio Ambiente do MS.

 

OUÇA: Radiowebms

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

MARACAJU: vereador exige a liberação do “CACHOEIRA”

21.10.2020

1/18
Please reload

A partir do recebimento da denúncia, STJ pode afastar REINALDO AZAMBUJA a qualquer momento

16/10/2020

1/18
Please reload

mega_fone_cidadão..jpg

RW apresenta Noticiário ao vivo das 19h00 ás 20h00 a partir desta quarta feira

10.4.2019

1/5
Please reload