VÍDEO: carro da Stock Ligth atropela mecânicos e cinegrafista durante prova em Campo Grande

19/08/2018

Organização da prova não divulgou nomes das vítimas.

Um acidente durante a realização da 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Light, no autódromo de Campo Grande, na manhã deste domingo (19), deixou pelo menos quatro pessoas feridas, um cinegrafista e três mecânicos.

 

A reportagem do Jornal Midiamax apurou que dos quatro trabalhadores atingidos, dois teriam sofrido TCE (Traumatismo Cranioencefálico) leve, um terceiro, que inspira mais cuidados, teria sofrido fratura, e um quarto teria ficado apenas com escoriações.

 

Todos foram socorridos e levados para posto médico montado pela organização do evento, que evitou prestar informações sobre as vítimas.

 

O acidente aconteceu após uma batida envolvendo os pilotos Erick Mayrink, da Ligth Team, e Gabriel Lusquiños, da Motor Tec Competições.

 

A organização da Stock Car proibiu acesso aos pilotos para a maioria da imprensa regional, e limitou as informações envolvendo estado de saúde dos mecânicos atingidos.

 

 

Acidente

 

Em 2003, durante uma das etapas da mesma competição em Campo Grande, um acidente envolvendo veículos de corrida na reta do boxes terminou em tragédia, com a morte do fotógrafo Raphael Lima Pereira, de 19 anos.

 

O acidente ocorreu após o piloto Gualter Salles envolver-se em um acidente com o também piloto Nonô Figueiredo, que perdeu o controle do carro, saindo da pista a atingindo o fotógrafo.

 

O carro que atingiu Raphael estava a cerca de 150km/h. A organizadora do evento afirma ter destacado, na ocasião, que os profissionais recebem orientações de segurança. Segundo o então diretor da prova, Carlos Montagner, o profissional agiu de forma imprudente ao posicionar-se à frente da barreira de pneus.

 

A competição chegou a ser interrompida por cerca de 30 minutos para o atendimento do estudante, que fazia o segundo ano de jornalismo na UCDB. Ele recebeu os primeiros-socorros ainda na pista, mas não resistiu aos ferimentos após ser conduzido à Santa Casa de Campo Grande.

 

A segunda largada da prova não contou com Salles, que desistiu de correr por estar abalado pelo acontecimento. Companheiro de equipe, o piloto André Bragantini também desistiu da competição, em solidariedade ao colega.

 

Fonte: Midiamax

Jornalistas: Ludyney Moura, Mariane Chianezi e Guilherme Cavalcante

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

MARACAJU: vereador exige a liberação do “CACHOEIRA”

21.10.2020

1/18
Please reload

A partir do recebimento da denúncia, STJ pode afastar REINALDO AZAMBUJA a qualquer momento

16/10/2020

1/18
Please reload

mega_fone_cidadão..jpg

RW apresenta Noticiário ao vivo das 19h00 ás 20h00 a partir desta quarta feira

10.4.2019

1/5
Please reload