Governo Azambuja reduz secretarias, mas paga salário de secretário a 26 COMISSIONADOS

10/03/2019

Seis servidores receberam acima do teto constitucional de R$ 35.462,27 (trinta e cinco mil, quatrocentos e sessenta e dois reais, e vinte e sete centavos), que é o valor pago ao governador do Estado, Reinaldo Azambuja.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reduziu o número de secretarias, mas paga salário equivalente ao de secretário para 26 COMISSIONADOS. Eles integram o grupo de “PRIVILEGIADOS” que tiveram aumento de 16% neste ano, enquanto os representantes dos 75 mil servidores lamentam a defasagem salarial de 23% nos últimos quatro anos.

 

O tucano gaba-se de ter enxugado o número de secretarias como parte da estratégia para reduzir o custeio da máquina pública estadual. O número de secretarias passou de 13, na gestão de André Puccinelli (MDB), para 10 no seu primeiro mandato e 09 neste ano.

 

 

Em janeiro deste ano, o Super Secretário Estadual de Governo e Gestão Estratégica, EDUARDO RIEDEL, recebeu R$ 36.495,45 (trinta e seis mil, quatrocentos e noventa e cinco reais e quarenta e cinco centavos), acima do valor pago a Reinaldo Azambuja, R$ 35.462,27 (trinta e cinco mil, quatrocentos e sessenta e dois reais e vinte e sete centavos), conforme o PORTAL DA TRANSPARÊNCIA.

 

Outros cinco nomeados na SEGOV ganham como Secretário Especial. CARLOS ALBERTO DE ASSIS trocou a Secretaria de Administração pela chefia de gabinete do governador e não teve redução no salário. Aliás, ele recebeu R$ 30.741,97 (trinta mil, setecentos e quarenta e um reais e noventa e sete centavos) no primeiro mês do ano.

 

SÉRGIO DE PAULA ganha R$ 28.033,42 (vinte e oito mil, trinta e três reais e quarenta e dois centavos) para comandar o Escritório de Relações Institucionais, oficialmente criado para comandar as articulações com os municípios. É uma espécie de Casa Civil de segunda classe.

 

O ex-vereador FLÁVIO CESAR MENDES DE OLIVEIRA, Secretário Adjunto de Governo e o jornalista FRANCISCO VICTÓRIO, Subsecretário de Comunicação, recebem de salários, o valor de R$ 28.033,42 (vinte e oito mil trinta e três reais e quarenta e dois centavos).

 

 

O Secretário Adjunto na Educação, ÉDIO ANTÔNIO RESENDE DE CASTRO. além de receber o valor de R$ 28.033,42 (vinte e oito mil, trinta e três reais e quarenta e dois centavos), tem complementação salarial de R$ 4.535,56 (quatro mil, quinhentos e trinta e cinco reais e cinquenta e sei centavos) como SERVIDOR MUNICIPAL DE MARACAJU, já que foi cedido com ônus para o Estado.

 

 

A TITULAR da Secretaria Estadual de Educação, MARIA CECÍLIA AMENDOLA DA MOTTA, recebeu R$ 39.403,56 (trinta e nove mil, quatrocentos e três reais e cinquenta e seis centavos) somando-se à aposentadoria de R$ 11.033,74 (onze mil, trinta e três reais e setenta e quatro centavos).

Vale ressaltar, que a SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ainda tem outro funcionário, PAULO HENRIQUE MALACRIDA, recebendo o salário de R$ 28.033,42 (vinte e oito mil, trinta e três reais e quarenta e dois centavos).

 

 

Em janeiro/2019 ainda foram pagos salários de primeiro escalão ao presidente da AGEPAN, YOUSSIF ASSIS DOMINGOS, 28.033,42 (vinte e oito mil, trinta e três reais e quarenta e dois centavos), e ao reitor da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), FÁBIO EDIR DOS SANTOS COSTA, R$ 28.369,82 (vinte e oito mil, trezentos e sessenta e nove reais e oitenta e dois centavos).

 

MARIA DO CARMO AVESANI deixou de ser secretária com a extinção da pasta da Habitação, mas manteve o salário de R$ 28.033,42 (vinte e oito mil, trinta e três reais e quarenta e dois centavos) como presidente da AGEHAB (Agência Estadual de Habitação).

 

Em alguns casos, o valor pago chega a ser quase três vezes o valor previsto em Lei. Este é o caso da Procuradora do Estado, FABÍOLA MARQUETTI SANCHES RAHIM, servidora estatutária que recebeu R$ 87.070,23 (oitenta e sete mil, setenta reais e vinte e três centavos), sendo R$ 31,725,54 (trinta e um mil, setecentos e vinte e cinco reais e cinquenta e quatro centavos) de salário e mais R$ 55,344,69 (cinquenta e cinco mil, trezentos e quarenta e quatro reais e sessenta e seis centavos) de remunerações eventuais.

 

Outro caso semelhante, é ROBERTO HASHIOKA SOLERSecretário de Estado de Administração e Desburocratização, que recebeu no mês de janeiro de 2019 o salário bruto de R$ 92.985,55 (noventa e dois mil, novecentos e oitenta e cinco reais e cinquenta e cinco centavos), sendo R$ 41.719,07 (quarenta e um mil setecentos e dezenove reais e sete centavos), como Secretário de Especial, e R$ 28.369,82 (vinte e oito mil, trezentos e sessenta e nove reais e oitenta e dois centavos) nomeado com o cargo em comissão, símbolo DCA-0ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR E ASSESSORAMENTO, e mais R$ 22.896,66 (vinte e dois mil, oitocentos e noventa e seis reais e sessenta e seis centavos) como SERVIDOR INATIVO-APOSENTADO como Fiscal de Obras Públicas.

 

A ex-deputada MARA CASEIRA, nomeada para a FUNDAÇÃO DE CULTURA, e o ex-senador PEDRO CHAVES, que teve a sorte grande de permanecer em Brasília (DF) ao ser empossado como chefe do escritório regional, também vão receber salário de secretário especial, R$ 28.033,42 (vinte e oito mil, trinta e três reais e quarenta e dois centavos). Eles só foram nomeados no início de fevereiro.

 

 

O único que "NÃO RECEBEU" o salário turbinado em janeiro foi MARCELO FERREIRA MIRANDA, presidente da FUNDESPORTE. O professor de Educação Física recebeu os R$ 24.376,89 (vinte e quatro mil, trezentos e setenta e seis reais e oitenta e nove centavos) previstos para SECRETÁRIO ESPECIAL, conforme lei aprovada em dezembro do ano passado. É curioso porque ele é o único a não ter direito a gratificação pela dedicação exclusiva de 15%.

 

Só no mês de janeiro de 2019, o Governo Azambuja gastou quase um milhão de reais com SALÁRIOS de apenas 25 servidores do “PRIMEIRO ESCALÃO”.

 

Confira a relação nas galerias de imagens abaixo:

 

Galeria 2:

 

 

 

Fonte: Ojacaré

Jornalista: EDIVALDO BITENCOURT

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

MARACAJU: hoje, apenas 07 partidos estão aptos para confirmar pré-candidaturas a prefeito

5.7.2020

1/18
Please reload

Reinaldo Azambuja nomeia ex-secretário de MANDETTA com salário de R$ 15.888,47

02/07/2020

1/18
Please reload

mega_fone_cidadão..jpg

RW apresenta Noticiário ao vivo das 19h00 ás 20h00 a partir desta quarta feira

10.4.2019

1/5
Please reload