Secretária Estadual de Educação adverte sobre desconto no salário de servidores que participarem da PARALISAÇÃO NACIONAL

21/03/2019

FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) e SIMTEDs mobilizam uma “PARALISAÇÃO NACIONAL” no dia 22 de março em protesto contra a REFORMA DA PREVIDÊNCIA.

A Secretária de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, publicou nesta manhã, 21/03, um “COMUNICADO INTERNO” aos servidores públicos civis vinculados à Secretaria de Estado de Educação.  

 

Segundo o comunicado, os servidores que aderirem ao movimento organizado pela FETEMS e Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP) terão descontado de seus salários, os dias de paralisação.

 

Em resposta ao “COMUNICADO INTERNO” da Secretaria Estadual de Educação, a FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) publicou a seguinte nota:

 

A paralisação ocorrerá no dia 22 de marçoContra a Reforma da Previdência: Não adianta o Governo intimidar, a Educação vai parar!

 

A FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) e os 74 SIMTEDs estarão paralisados amanhã, dia 22 de março, contra a Reforma da Previdência.

 

O ofício encaminhado pela Secretária Estadual de Educação, Maria Cecília Motta não pode nos intimidar, pois um dia parado valerá de 10 anos a 15 anos a mais de trabalho e contribuição, se a Reforma da Previdência for aprovada.

 

A FETEMS e os 74 SIMTEDs orientam que todos(as) os trabalhadores(as) participem das mobilizações nos municípios e da passeata em Campo Grande-MS.

 

Se descontar o dia parado, não haverá reposição!

Vamos para as ruas garantir os nossos direitos!

 

Galeria de imagens:

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

MARACAJU: vereador exige a liberação do “CACHOEIRA”

21.10.2020

1/18
Please reload

A partir do recebimento da denúncia, STJ pode afastar REINALDO AZAMBUJA a qualquer momento

16/10/2020

1/18
Please reload

mega_fone_cidadão..jpg

RW apresenta Noticiário ao vivo das 19h00 ás 20h00 a partir desta quarta feira

10.4.2019

1/5
Please reload