ÁUDIO: suspeitos de estelionato, filho e nora de Vereador de Maracaju, são liberados pela Polícia Civil

11/04/2019

Rauali Kind Mascarenhas, Delegado de Polícia Civil de Itaporã informou que Heliton Vargas Portella e Raissa Gabrieli da Silva foram liberados já que não foram atuados em flagrante, e ainda poderão responder em liberdade.

Para a Polícia, Heliton alegou que estava desempregado há 05 meses e precisava pagar aluguel, por isso, através de um grupo de Whatsapp, aceitou o convite para realizar tais golpes.

 

O Delegado ainda afirmou que não se sabe a extensão do prejuízo causado, porém, aparentemente, é absurdo se somadas todas as contas. Havendo inclusive “print-s” de contas bancárias de R$ 1.000.000,00 (UM MILHÃO DE REAIS). Sendo algo bem maior do que a Polícia esperava e que só serão confirmados após a perícia.

 

Por cada alteração de dados cadastrais, Heliton alegou que ganhava de R$ 200,00 (duzentos reais) a R$ 900,00 (novecentos reais) e fazia cerca de 07 por dia.

 

“Pra sociedade, é muito ruim a gente falar que não foi preso, mas, infelizmente, o réu não tinha nenhuma das hipóteses de flagrante.” afirmou o Delegado de Polícia Rauali Kind.

 

Por fim, o Delegado afirma que há fortes indícios de crime e possui material suficiente para a investigação e realizar posteriores pedidos de prisões cautelares.

 

Escute abaixo o áudio do Delegado Rauali Kind, em entrevista com o Jornalista João Flores do site de noticias Rádiowebms

 

 

Imagem utilizada no vídeo retirada do site itaporamsnews.com.br

 

Tags:

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

MARACAJU: vereador exige a liberação do “CACHOEIRA”

21.10.2020

1/18
Please reload

A partir do recebimento da denúncia, STJ pode afastar REINALDO AZAMBUJA a qualquer momento

16/10/2020

1/18
Please reload

mega_fone_cidadão..jpg

RW apresenta Noticiário ao vivo das 19h00 ás 20h00 a partir desta quarta feira

10.4.2019

1/5
Please reload